01/10 11h :: IV Feira Fantasma :: Rua Imperatriz Leopoldina

Fantasma é uma feira de arte impressa & quadrinhos.

feirafantasma

A IVa. Edição da Feira Fantasma ocupará a Rua Imperatriz Leopoldina, no Centro do Rio de Janeiro. Essa edição começou com um convite doCentro Municipal de Arte Hélio Oiticica para organizar uma feira de impressos na rua ao lado do edifício, como parte da comemoração dos 20 anos de existência do CMAHO.

A Feira acontece num quarteirão histórico do Rio de Janeiro, entre a R. Luis de Camões e a Travessa das Belas Artes, numa encruzilhada que sopra a poeira do Rio de um outro tempo, quando a Av. Passos ainda era Rua do Sacramento e a antiga escola de Belas Artes e o prédio do Tesouro Nacional ainda não tinham se transformado num estacionamento.

A Feira Fantasma é realizada por três pessoas com ajuda essencial de colaboradores. Vamos fazer amor mais uma vez?

PARTICIPANTES //
A Zica
Bendita Gambiarra
Bleargh
Cabuloza Wild Life
Casa 27
Casas da Banha
Editora Cozinha Experimental
Desalineada
Desobedientes
DODO publicações
editora criatura
esquema
fada inflada
Fotos dos Outros
Grafatório
Ikrek Edições
Instituto Nandyala
Jornal Altamira
Jornal de Borda
JOW
Lady’s Comics
Lote 42
LTG
Editora MINO
Mofo azul comix
nano editora
Norte Comum
O Miolo Frito
quaseditora
TRUQUE
Pipoca Press
Piqui
Quadrinhos Insones
Risotrip print shop co.
Roosivelt Pinheiro

POSTER da IV edição por…. Fotos dos Outros !!!!!!!!

PROGRAMAÇÃO

Debate “Livro, independência e resistência”
11h às 13h, auditório
Com Rosangela Rennó (artista), Iris Amâncio (Ocupação Afroliterária), Luiz Vieira (Ed. Ikrek).
Mediação Fernanda Grigolin (artista e editora)
Análise dos símbolos e funções do livro como objeto de resistência. Alguns leitores os incendiaram. Outros os reuniram e idolatraram como disseminadores de filosofias, religiões e civilizações. Diante do contexto político atual, quais as possíveis relações entre a atuação de editoras independentes e um ato de resistência?

Roda de conversa de Lançamento do Caderno de Subjetividades.
14h às 15h30, mesão da feira
Com Cintia Mendonça (pesquisadora e ativista), Gabriela Serfaty (equipe editorial dos Cadernos), os coletivos Norte Comum (artistas e ativistas) e Opavivará (artistas). Tendo como eixo temático Periferia [sim], a última edição do Caderno de Subjetividades, publicação vinculada ao programa de pós-graduação em Psicologia Clínica e ao Núcleo de Subjetividade da PUC-SP, será lançado com roda de conversa. O diálogo com o público será ativado a partir da pergunta: Como a escrita pode apreender os efeitos de cada época e caminhar por ambientes desconhecidos, onde o sentido não está dado a priori? A dinâmica de trocas levará em conta não só a palavra, mas os gestos, as ações e, principalmente a escuta para pensar a relação da escrita com outras práticas. Aberta ao público em geral, sem inscrição.

Interlocuções # 1 Público / Animalidade
15h às 17h30, auditório
Com Diana Klinger (escritora, atriz e professora), Malu Fatorelli (artista e professora), Marisa Flórido (crítica, curadora e professora), e Tania Rivera (crítica, curadora, psicanalista e professora). Tomando as palavras “Público” e “Animalidade” como provocação, as participantes do primeiro encontro do projeto Interlocuções se revezam no papel de interlocutoras e propositoras, em dois blocos de conversa com o público. Atividade integrante do Programa de Extensão Plataforma de Emergência, que reúne realizadores de seis universidades e diferentes campos de saber. Acontece todos os sábados de outubro e novembro.

Oficina “Zine Fantasma”
14h30 às 17h, mesão da Feira
Com Cassius Augusto, Gabriel Carvalho (organizadores Feira Fantasma) e Bendita Gambiarra. 07 vagas.

Oficina Escrita em diferença: a questão da autoria negra.
15h às 17h, sala multiuso 2
Com Éle Semog (poeta e artista), Lia Vieira (escritora e professora), Débora Almeida (escritora), Arnaldo Viana (escritor). Os autores vão apresentar seus processos de trabalho e discutir a questão da autoria negra a partir de diferentes práticas no campo da literatura: poesia, conto, teatro, crítica e literatura infantil. 25 vagas. Inscrições na mesa da Ocupação Afrolitrerária Instituto Nandyala, a partir das 14h30, por ordem de chegada. Aberta ao público em geral.

Lançamento coletivo de livros
16h às 17h, mesão da feira

Livro de Colorir – retrospectiva, de Marilá Dardot (editora Ikrek). O Livro estará à venda na mesa da editora.

Mulheres incríveis, de Elaine Marcelina, Akile, de Verônica Bonfim e Boneco especial, de Roberto Silva (Ed. Nandyala). Os Livros estarão à venda na mesa da Ocupação Afro Literária Instituto Nandyala.

Sete ventos e A escritora afro-brasileira, de Débora Almeida (Eds. Autofagia e Nandyala) Os Livros estarão à venda na mesa da Ocupação Afro Literária Instituto Nandyala.

/// NO SOM
Vitor Souza & Pedro Germani Souza
Gente Trabalhando
Marcello MBgroove


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s