25-27/07 :: 1ª Semana Carolina de Jesus :: UERJ

1ª Semana Carolina de Jesus

Mulher Negra e a Cultura Periférica Afro-Brasileira

#cultura #mulhernegra #entradafranca #culturaperiferica #afrobrasileira #riodejaneiro #uerj #heyriodejaneiro #carolinas

mulhernegra

~::: CRONOGRAMA :::~

25 de Julho

09h00 às 20h00 – Credenciamento
LOCAL: Sala do DCE (1ª andar, Bloco F – Sala 1096)

10h00 às 11h30 – Acolhimento
LOCAL: Hall do 1º andar (1º andar, Bloco F)

14h00 às 15h00 – Vivência na Associação Meninas e Mulheres do Morro – Mangueira
Ponto de encontro: Hall do Queijo / Elevadores

15h30 às 16h30 – Oficina das Pretas com o Coletivo Carolinas
Local: Hall do 1º andar Bloco F

17h00 às 18h30 – Apresentação de trabalhos acadêmicos
Local: Aud. 11 (1ª andar, Bloco F)

17h00 às 21h00 – Feira Afro empreendedora e exposição artística.
Local: Hall do 1º andar – Bloco F

19h00 às 20h00 – Cerimônia de abertura da 1ª Semana Carolina de Jesus
Local: Aud. 11 (1ª andar, Bloco F)

20h00 às 21h30 – Mesa de abertura
Tema: Literatura periférica – Linguagem e escrita marginal
Local: Aud. 11 (1ª andar, Bloco F)

26 de Julho

09h00 às 20h00 – Credenciamento
LOCAL: Sala do DCE (1ª andar, Bloco F – Sala 1096)

10h00 às 11h00 – Oficina das Pretas com o Coletivo Carolinas
Local: Hall do 1º andar – Bloco F

11h30 às 13h30 – Apresentação de trabalhos acadêmicos
Local: Aud. 11 (1ª andar, Bloco F)

15h00 ás 17h30 – Sarau Abayomi: Mulher Negra – Fazendo arte com o que a vida oferece.
Local: Hall do 1º andar – Bloco F

17h00 às 21h00 – Feirinha e exposição artística
Local: Hall do 1º andar – Bloco F

18h00 às 20h30 – A Mulher Negra na Arte e Dramaturgia, a discriminação na mídia.
Cine-debate – Filme: “Das nuvens pra baixo”
Local: Aud. 11 – 1º andar Bloco F

27 de Julho

17h00 às 22h00 Encerramento Cultural “Só dá elas!”
Roda de Samba com o grupo Moça Prosa + Baile Black
Praça Maracanã

Dúvidas por inbox ou no email: coletivocarolinas.uerj@gmail.com

“O livro… me fascina. Eu fui criada no mundo. Sem orientação materna. Mas os livros guiou os meus pensamentos. Evitando os abismos que encontramos na vida. Bendita as horas que passei lendo. Cheguei a conclusão que é o pobre quem deve ler.
Porque o livro, é a bussola que ha de orientar o homem no porvir (…)”
– Carolina Maria de Jesus, em “Meu estranho diário”. São Paulo: Xamã, 1996, p. 167.

Mulher, negra, mãe solteira semianalfabeta, pulou de emprego em emprego, chegou a ser presa e foi uma das escritoras mais importantes para a literatura brasileira, vendendo 80 mil exemplares de seu livro “Quarto de Despejo”, traduzido para 14 ínguas em 20 países.

Essa é uma das grandes mulheres que deixaram ou então ainda construindo um legado sócio-cultural valiosíssimo para o povo afro-brasileiro e que RESISTIRAM e RESISTEM pela busca de direitos, valorização, igualdade e respeitos à todas as mulheres negras.

E é com muito orgulho, para celebrar o Dia Internacional da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha, o Carolinas – Coletivo de Mulheres Negras faz seu primeiro encontro de Mulheres Coletivos Negros com a temática: MULHER NEGRA E A CULTURA PERIFÉRICA AFRO-BRASILEIRA.

Contamos com a participação de todas e todos vocês, mulheres negras e de nossos irmãos também do movimento negro!

::: INSCRIÇÃO :::
Para inscrever seu trabalho envie um resumo do mesmo para o email: coletivocarolinas.uerj@gmail.com
Para se inscrever no encontro e para maiores informações sobre o evento e sobre o Coletivo Carolinas, acesse o blog!
https://somoscarolinas.wordpress.com/
OBS.: Lembrando que uma inscrição não garante a outra, se for apresentar um trabalho nos envie um e-mail e se inscreva no blog.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s